Falar é um ato que transforma – Psicologia Ayne

-Por que falar?
Falar é transformar em realidade, é comunicar ao outro e a si mesmo aquilo que pensamos e sentimos para refletir e assim criar novas perspectivas. Falar é um ato que transforma, e o trabalho psicológico, por sua escuta especializada, aprofunda a fala e seus efeitos.

-Por que a psicologia?
A psicologia é um campo de conhecimento em constante estudo crítico. Com base em sua experiência de escuta e seu estudo contínuo, o psicólogo trabalha sempre comprometido com a ética de sua profissão e em prol de ampliar a sua capacidade de escuta, refletindo constantemente as questões trazidas pelos pacientes e pela sociedade. A escuta psicológica deve zelar por um acolhimento respeitoso e sem julgamentos, interessado e cuidadoso, que deve garantir um espaço de fala e promover, junto ao paciente, questionamentos e reflexões visando à saúde mental.

-Por que em grupo?
O trabalho de grupo terapêutico amplia a troca de experiências e pontos de vista, proporcionando questionamentos muito ricos para um trabalho terapêutico.
Isto significa que falar em um grupo orientado por psicólogos é diferente de simplesmente falar, pois a escuta do grupo e a coordenação especializada dos profissionais permite a cada um escutar a si mesmo, perceber-se no coletivo e assim revelar questionamentos e ampliar o autoconhecimento, permitindo a cada integrante do grupo encontrar caminhos possíveis para suas angústias e desejos. Além disso, o acolhimento e pertencimento a um grupo têm efeitos expressivos para seus participantes, e se mostra um dispositivo de trabalho psicológico de grande importância.

 

Texto feito pela psicóloga parceira da Casa, Marina Garcia Sawaya

Você precisa conversar? Nos mande uma mensagem! 11 99550-3663

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *