Paciência é uma virtude

Não, não vou ensinar nada pra ninguém. É só pra eu me lembrar mesmo.
Tenho dividido nesse espaço minhas mazelas, ou seja, meus bons e maus momentos nesses dias de clausura.

Esta semana estava com um pouco de dificuldade de “dividir”.
Fiquei me perguntando se estou muito aberta a contar meus mau momentos com muita abertura e clareza. Me questionei porque alguns queridos vieram perguntar como estou com mais frequência e também me desejar que fique bem. Então veio meu questionamento de se estou demonstrando muito francamente meu dia a dia.
Vocês têm feito muito o “jogo do contente” da Poliana? Eu definitivamente não.
Acho muito normal que alguns dias tenhamos dificuldade de sair da cama pra viver mais um dia que é apenas um pedaço. Também acho normal que fiquemos desanimados ao ouvir e ver essas notícias sobre saúde e política, desanimadoras mesmo.

Sobre política me amarro pra não falar nada por aqui. Simplesmente porque não acredito que cabe. Mas preciso admitir que me corroe.
Admiro quem está conseguindo manter equilíbrio, mas não me disponho. Sempre acreditei que um pouquinho de desequilíbrio faz bem. Pra não ficar chato, né?
Estou na verdade preocupada. O que será de nós nas próximas semanas…
Espero de coração que eu esteja vendo a situação pior do que vai ser. Pela saúde, sanidade e segurança de todos.
Fiquem bem e continuem em casa.

Por: Simone Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *